Blog | 15 de jan. de 2019

Como a tecnologia cognitiva agrega inteligência à automação de processos robóticos

Thumbnail Fallback 2
Marcello

A automação de processos robóticos (RPA) ajuda as empresas a reduzir custos e aumentar a qualidade e a produtividade por meio da automação de alguns dos processos comerciais mais demorados, baseados em regras e replicáveis. A RPA é particularmente eficaz nos setores de serviços bancários e seguros, onde agrega velocidade e eficiência ao atendimento ao cliente e à conformidade. Baseada em algoritmos de inteligência artificial, a tecnologia cognitiva Cogito da Expert System proporciona uma compreensão automática, semelhante à humana, do conteúdo de documentos com texto.

Aplicada à RPA, essa tecnologia agrega maior valor comercial e ROI para processos repetitivos e complexos que fazem uso intensivo de informações.

Usando a tecnologia Cogito, as empresas podem esperar uma economia de até 53% em atividades como gestão de funcionários em tempo integral (FTEs) e garantias, e entre 30% e 60% para gerenciamento de e-mails e processamento de cotas etc.

A integração dos recursos dessa tecnologia (processamento de linguagem natural [NLP], análises semânticas e aprendizagem por máquina) à RPA da Blue Prism permite que as empresas automatizem processos empresariais repetitivos com base em grandes volumes de dados não estruturados: e-mail de texto, interações de clientes, anotações de chamadas etc., reduzindo erros e aumentando a eficiência e a capacidade de expansão das operações.

Outros benefícios são:

  • Redução de custos e tempo: a disponibilidade 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem tempo de inatividade resulta em reduções substanciais de custo e tempo na execução de processos com uso intensivo de mão de obra.
  • Maiores eficiências: uma interpretação de conteúdo semelhante à humana permite processamento rápido e preciso, redução de erros e aumento de qualidade
    e precisão.
  • Maior satisfação do cliente: resposta mais rápida às consultas e outras interações com o cliente.

Recursos:

  • Extração de dados: Acesse, identifique e extraia automaticamente informações relevantes em documentos, formulários, aplicativos, faturas, e-mails etc.
  • Integração: o Cogito amplia a automação em cada etapa do processo e é facilmente integrado à arquitetura e aos sistemas de RPA atuais.
  • Capacidade de expansão: a implementação é rápida e flexível; o Cogito pode ser expandido facilmente de acordo com os requisitos.
A tecnologia cognitiva agrega recursos inteligentes à RPA e estende a automação para atividades que exigem mais inteligência, compreensão e percepções.

Como o Cogito aprimora o processo de gerenciamento de indenizações


Graças aos recursos cognitivos baseados em algoritmos de inteligência artificial, que imitam a capacidade humana de compreender informações em um contexto, o Cogito automatiza e aprimora o processamento de indenizações em relação às tecnologias tradicionais de indenizações, capturando e extraindo dados relevantes. O Cogito:

  • Identifica cada tipo de documento (faturas, formulários, relatórios médicos, descrições de acidentes etc.)
  • Extrai as informações a respeito de perda, danos ou prognóstico médico, entre outros, dos relatórios
  • Analisa automaticamente o problema específico descrito em um relatório e compreende se está coberto pela apólice de seguro
  • Carrega os dados relevantes no banco de dados de indenizações para ajudar os agentes na validação da indenização

Todas as informações são enviadas ao robô da RPA, que "usa" esses dados no processo.

Sobre o autor:

Marcello Pellacani, vice-presidente do mercado editorial e diretor da Expert System UK

Marcello é vice-presidente de publicações e é responsável por dirigir atividades de produtos, estratégia e marketing em todo o mercado editorial europeu. Além disso, ele é diretor da Expert System UK, onde se dedica a criar alianças estratégicas com parceiros de tecnologia. Anteriormente, foi presidente e CTO da Expertweb, uma desenvolvedora e consultoria de soluções avançadas de TI, onde ajudou a dobrar a receita da empresa em apenas três anos, antes da aquisição pelo Banzai Group (agora ePrice). Marcello foi cofundador de diversas startups de TI bem-sucedidas e ocupou cargos na Olivetti, em sua equipe de Fórmula 1, e na IBM. Marcello é graduado em Matemática e em Ciência da Computação pela Universidade de Modena, Itália.

Expertsystem.com

A tecnologia ao seu favor

Os nossos trabalhadores digitais são inteligentes, versáteis, autônomos e seguros. Juntamente com a sua força de trabalho atual, eles podem automatizar processos que impactem desde o trabalho do escritório até a experiência do cliente. Os benefícios inúmeros: mais agilidade e controle sobre o trabalho; maneiras novas e transformadoras de operar; e mais tempo para a sua equipe se concentrar no que realmente importa.

Começar

© 2021 Blue Prism Limited. "Blue Prism", o logotipo "Blue Prism" e o dispositivo Prism são ou marcas comerciais ou marcas registradas da Blue Prism Limited. Todos os direitos reservados.