€ 12 milhões

de custos evitados em três anos

+100% de ROI

em 18 meses

400 processos

automatizados em 20 unidades de negócio

PROSEGUR acelera o ROI e economiza milhões de euros com RPA

A Blue Prism foi selecionada como um dos motivadores da transformação digital na Prosegur. A automação inteligente tem o poder de aumentar a eficiência operacional e oferecer experiências do cliente rápidas e personalizadas.”
Fernando Cisneros Diretor de digitalização, automação e robótica corporativas

Como uma empresa de segurança privada multinacional, o objetivo da Prosegur é tornar o mundo um lugar mais seguro para clientes em 26 países. 

Há mais de três anos, a empresa promove um programa de transformação digital para aumentar a eficiência operacional, oferecer experiências de cliente rápidas e personalizadas, e permitir que os funcionários se dediquem a tarefas de maior impacto.

Com a ajuda da automação inteligente, a Prosegur foi tão bem-sucedida nessas metas que recebeu um prêmio Blue Prism Customer Excellence global pelo segundo ano consecutivo.

Desafio

A Prosegur opera em 26 países em cinco continentes e emprega mais de 170.000 pessoas em todo o mundo. A empresa tinha de lidar com um ecossistema complexo de mais de 200 aplicativos de tecnologia da informação. A Prosegur tinha planos ambiciosos para o programa de automação inteligente, mas era essencial que a solução se integrasse facilmente a aplicativos e sistemas existentes. Além disso, a empresa precisava de uma solução facilmente expansível na nuvem e em vários locais da empresa em todo o mundo. Por fim, considerando a natureza dos negócios da Prosegur, uma rígida segurança era um requisito obrigatório.

Solução

A Prosegur adotou uma abordagem inovadora para criar um programa de automação inteligente sustentável, ampliável e expansível. A força de trabalho digital da Blue Prism foi expandida para abranger 20 funções de negócios, incluindo faturamento, departamento jurídico, RH, segurança, alarmes e dinheiro. A empresa tem 400 processos de produção em vários continentes. A Blue Prism está se integrando a mais de 200 outras tecnologias da empresa, como um ecossistema de ERP e ferramentas de faturamento. Os operadores digitais combinam IA, aprendizagem por máquina e mineração de processos para ampliar suas qualificações e otimizar a velocidade e a precisão.

Um operador digital da Blue Prism com configuração especial, chamado de “Super Robot”, oferece capacidade de expansão facilitada e garante a sustentabilidade do programa. A função do Super Robô é avaliar quais processos serão automatizados (reduzindo em 95% o tempo de avaliação), examinar o código para identificar erros de desenvolvimento, monitorar a eficiência dos operadores digitais e registrar todos os problemas de infraestrutura ou aplicativos.

Além disso, a Prosegur criou uma iniciativa de hiperautomação para ampliar as qualificações da força de trabalho digital. Documentos não estruturados e e-mails são gerenciados por uma variedade de ferramentas cognitivas e de IA, incluindo serviços de IA da Amazon AWS e do Google.

Análises preditivas analisam dados com eficiência para prever o tempo médio de execução dos operadores digitais em diversos dia do mês, identificando possíveis desafios na execução de tarefas. Além disso, um conector foi criado para integrar recursos de visão computadorizada à Blue Prism para detectar imagens de erros de aplicativos e notificar as equipes.

Afirmar que a empresa é inovadora é um eufemismo. E sua criatividade está gerando benefícios em todos os negócios. Até agora, houve uma economia de 600.000 horas de tempo dos funcionários, o que equivale a 12 milhões euros. Além disso, a empresa superou 100% de retorno sobre o investimento em menos de 18 meses.

Últimas notícias da Blue Prism