contact

Contato

Blog | 19 de dez. de 2023

ESG começa com coleta e gerenciamento de dados

Coleta e gerenciamento de dados ESG
Table of Contents

O gerenciamento de dados ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês) é o herói desconhecido da conformidade ESG. Embora os princípios, as missões e as metas ESG enfatizem a visão de uma organização de fazer melhor, é a coleta, análise e interpretação meticulosas de dados que podem realmente permitir que as empresas transformem ideias em ações tangíveis e resultados informativos. Em outras palavras, a conformidade ESG começa com um bom gerenciamento de dados.

O que é gerenciamento de dados ESG?

Assim como o gerenciamento regular de dados, o gerenciamento de dados ESG é a coleta, o armazenamento e a análise de dados, exceto pelo fato de que esses dados estão todos relacionados a ESG.

É um aspecto importante no cenário de negócios atual, pois é uma conexão entre atividades e impacto ambiental, social e de governança, estratégia e desempenho corporativo.

O que está incluído nos dados ESG?

Os dados ESG englobam uma ampla gama de informações, tanto qualitativas quanto quantitativas, que avaliam o impacto de uma empresa em três áreas. Eles podem incluir:

Meio ambiente

  • Emissões de dióxido de carbono
  • Outros gases de efeito de estufa (GEE) e poluentes
  • Uso da água
  • Uso de matérias-primas
  • Gestão de resíduos
  • Uso e eficiência energética
  • Incidentes de poluição

Social

  • Diversidade da força de trabalho
  • Remuneração justa
  • Bem-estar da força de trabalho
  • Responsabilidade social na cadeia de suprimentos e consumo
  • Engajamento com a comunidade
  • Saúde e segurança
  • Direitos humanos

Governança

  • Composição do Conselho
  • Remuneração dos executivos
  • Privacidade e segurança de dados
  • Controles ambientais e sociais
  • Conformidade de auditoria
  • Práticas éticas de tomada de decisão
  • Contribuições políticas
  • Verificações de clientes e fornecedores

Gerenciamento de dados ESG x governança ESG

Então, como tudo isso se relaciona com o termo mais conhecido como governança ESG? Você pode pensar assim: o gerenciamento de dados ESG é um peixe na lagoa de governança ESG. Isso porque a governança de dados ESG é um conceito mais holístico. Ela se concentra em estrutura, políticas e práticas que orientam as iniciativas ESG de uma organização usando os dados fornecidos pelo gerenciamento de dados ESG para formar a base de sua estrutura.

A governança ESG garante que os programas ESG tenham entradas, saídas, controles e transparência eficazes, incluindo o gerenciamento de dados.

Por que você precisa coletar dados ESG?

Além de informar a estratégia de governança ESG, a coleta de dados ESG é essencial por vários motivos:

  • Ajuda na gestão de riscos ESG. Os dados ESG ajudam a identificar e mitigar os riscos ESG. Por exemplo, entender o quanto de emissões de carbono vêm de uma empresa ajuda a avaliar seu impacto climático e informa às empresas onde concentrar sua atenção para evitar violações à legislação climática.
  • Atração de investidores. No cenário de negócios atual, os investidores estão tomando decisões de investimento com dados de desempenho ESG. A coleta e os relatórios de dados ESG permitem que as organizações atendam a essas expectativas e tenham acesso um grupo mais amplo de investidores.
  • Divulgação de conformidade. Há um número crescente de exigências de divulgação ESG por parte de governos e órgãos reguladores. Por exemplo, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) propôs mudanças de regras que exigiriam que as empresas incluíssem determinadas divulgações de emissões relacionadas ao clima. Da mesma forma, a UE e os governos de todo o mundo estão propondo (ou já implementaram) legislação de relatórios ESG e relacionados a ESG. Por exemplo, a Diretiva de Relatórios de Sustentabilidade Corporativa (CSRD) na UE. A coleta eficaz de dados ESG ajuda as empresas com relatórios ESG e reduções de impacto ESG, bem como reduz o risco de penalidades.
  • Vantagem competitiva. As organizações que coletam dados ESG e depois usam esses dados para criar estratégias podem obter uma vantagem competitiva de longo prazo, pois são capazes de descobrir novas oportunidades alinhadas com as metas de sustentabilidade, como atrair mais investidores, clientes e funcionários. Ser visivelmente progressista com melhorias ambientais e sociais aumenta o interesse do cliente.
  • Apoio à inovação. Os dados ESG podem revelar oportunidades para inovar e melhorar as operações. Por exemplo, a redução de resíduos não só reduz o seu impacto ambiental, mas também reduz os custos dos resíduos.

Há muito mais vantagens em coletar, gerenciar e relatar dados ESG. A principal conclusão é que os benefícios vão muito além da conformidade. Eles ajudam as operações das organizações a se tornarem mais alinhadas estrategicamente e bem-sucedidas em um ambiente cada vez mais consciente de ESG.

Como faço para capturar dados ESG?

Existem várias maneiras de capturar dados ESG, e sua estratégia provavelmente será informada pelo tipo de dados que você deseja coletar. No entanto, uma coisa é clara: a digitalização da coleta de dados ESG é imprescindível. Isso inclui o uso de automação inteligente (IA) e automação de processos robóticos (RPA). No entanto, antes de nos aprofundarmos, primeiro é importante entender os desafios da coleta de dados ESG.

Os desafios na coleta de dados ESG

Devido à sua natureza, pode ser complexo e desafiador coletar dados ESG. Aqui estão três desafios principais enfrentados pela coleta de dados ESG:

Diversidade de dados

Os dados ESG abrangem uma ampla gama de informações e métricas ESG, algumas espalhadas por sistemas isolados dentro e fora de uma organização. Diferentes departamentos, indústrias e organizações também podem enfrentar problemas ESG únicos, tornando impossível criar uma abordagem única para a coleta de dados.

Qualidade de dados confiável

No momento, o ESG depende muito do autorrelato, que pode ser propenso a imprecisões. Sem uma maneira confiável de coletar dados precisos, as organizações podem ter dificuldades para garantir a validade dos dados. Outra camada de dificuldade é adicionada aqui quando você pensa em capturar dados qualitativos.

Precisão dos dados

Acessar dados pode ser difícil, especialmente para organizações que não têm os recursos ou ferramentas necessárias para começar. Esse desafio também é amplificado quando as empresas estão operando em regiões com infraestrutura de relatórios limitada para ESG ou quando as organizações estão procurando acessar dados relevantes de fornecedores, parceiros e subsidiárias.

Tecnologia: Automatize a coleta de dados ESG

Assim como as organizações usam softwares de automação para realizar coleta e gerar relatórios de dados financeiros, o mesmo pode ser feito para dados ESG.

A automação inteligente (IA) é uma combinação de tecnologias que automatizam e otimizam os processos de negócios, como a coleta e o pré-processamento de dados ESG. A IA inclui a automação de processos robóticos (RPA), que é o uso de trabalhadores digitais para automatizar atividades anteriormente feitas por um trabalhador humano, como aquisição e entrada de dados. Saiba mais sobre a Automação ESG. 

A inteligência artificial (IA) é outro componente da IA que desempenha um papel na coleta de dados ESG, extraindo dados de fontes não estruturadas e identificando padrões em dados que indicam riscos potenciais antes que os humanos se tornassem conscientes.

A IA está ajudando as organizações a minimizar os desafios ao:

  • Tornar a coleta e o processamento de dados mais eficientes.
  • Reduzir o risco de erros associados à entrada manual de dados.
  • Gerenciar a aquisição de dados altamente repetitivos, em escala e sem erros.
  • Acomodar a escalabilidade à medida que os processos de coleta de dados podem permanecer eficazes mesmo quando uma organização se expande.
  • Integrar-se com diferentes fontes de dados, incluindo sistemas internos e externos para ter uma visão holística de seus dados ESG.
  • Fornecer aos tomadores de decisão informações ESG precisas e em tempo real para fazer escolhas informadas e responder a questões ESG rapidamente emergentes.

Essas ferramentas são mais do que apenas teoria. Por exemplo, o InvoiceBotz by WonderBotz e o GLYNT estão revolucionando a maneira como as organizações capturam, processam e relatam dados ESG. O InvoiceBotz, software de automação de processamento de faturas, usa automação inteligente SS&C Blue Prism e IA para coletar e processar dados de faturas, até o nível de item de linha. A GLYNT está ajudando a tornar os dados de sustentabilidade tão rigorosamente preparados quanto os dados financeiros. Ambas as soluções estão aumentando a precisão e a consistência dos dados e aumentando a transparência nos relatórios de sustentabilidade e ESG.

Quais dados são necessários para relatórios ESG?

Os relatórios ESG já são uma exigência legal em alguns países, e outras regiões estão logo atrás. À medida que as regulamentações ESG evoluem, haverá mudanças nos relatórios necessários (daí os dados que precisam ser coletados para apoiar os relatórios). O uso de IA para coleta de dados permite que as alterações sejam feitas com facilidade.

Algumas organizações já estão publicando seus dados ESG adicionando seções ESG a seus relatórios anuais e estratégias de governança corporativa. Ao mesmo tempo, os agregadores de dados já estão criando métricas em torno de ESG e publicando classificações ESG e pontuações ESG.

Dominar dados ESG em evolução

À medida que os requisitos de relatórios ESG continuam evoluindo, o mesmo acontece com as demandas sobre a coleta de dados ESG. Pode parecer um desempenho interminável, exigindo habilidade, agilidade e um foco inabalável para manter cada nova exigência e demanda no topo — de forma quase esmagadora.

Contudo, com a ajuda da automação inteligente e outras soluções digitais, você pode dominar o gerenciamento de dados ESG e evitar que você se afunde sob todas as regulamentações, estruturas e diretrizes que surgem em seu caminho.

Últimas notícias da SS&C Blue Prism