contact

Contato

Blog | 19 de fev. de 2024

Serviços de reconciliação e rebalanceamento automáticos de portfólios

Serviços de reconciliação e rebalanceamento automáticos de portfólios
Table of Contents

Para maximizar a exposição ao mercado, os gerentes de fundos oferecem uma linha diversificada de oportunidades de investimento por meio de várias plataformas de administração de fundos. Em um mercado tão volátil e em constante flutuação, novas percepções e pesquisas de investimento são disponibilizadas com frequência. Os gerentes de fundos discricionários precisam ajustar as alocações, intercâmbios e negociações de ativos e fundos de acordo com o perfil de risco de cada cliente para maximizar retornos e mitigar riscos de forma proativa.

Para garantir a representação precisa das posições de investimento do cliente em todas as plataformas de administração de fundos, os portfólios ideais exigem rebalanceamento periódico para refletir o investimento dos fundos. Se esse processo não for executado dentro dos prazos exigidos e com 100% de precisão, os administradores de fundos enfrentarão impactos financeiros significativos e colocarão seus clientes em risco.

Desafios da reconciliação manual de portfólios 

A reconciliação manual de portfólios expõe as equipes operacionais a períodos recorrentes de pressão desnecessária. Os gerentes de fundos discricionários que operam dessa forma ficam expostos aos impactos de não usar tecnologia para mitigar os riscos. Quando tentam navegar manualmente nesse processo, as empresas enfrentam problemas, como:

  • Perda de oportunidades de mercado: quando os valores dos ativos subjacentes mudam durante o longo processo de atualização de várias plataformas, os clientes correm o risco de receber uma posição de investimento imprecisa no portfólio, o que pode ter um alto custo.
  • Risco de erros: a existência de várias etapas manuais complexas e tediosas pode aumentar significativamente o risco de erro humano, mesmo com a implementação de verificação dupla. Esses erros podem levar a posições de investimento imprecisas e não conformidade com os regulamentos, resultando em penalidades financeiras e tempo e custos adicionais para corrigir esses erros.
  • Aumentos de demanda de cargas de trabalho: os picos de atividades periódicas podem sobrecarregar as equipes operacionais. Essa sobrecarga desvia seu foco das tarefas diárias que exigem sua atenção e elimina qualquer oportunidade de agregar valor a tarefas voltadas ao cliente.

Solução de automação inteligente para reconciliação de portfólios 

Felizmente, há uma solução que pode ajudar a eliminar esses desafios e seus riscos associados. A SS&C Blue Prism implementa automação inteligente na forma de uma força de trabalho digital para replicar qualquer processo realizado por humanos com mais agilidade e precisão contínua de 100%. Com a alocação de operadores digitais a tarefas de reconciliação de alocações de fundos e ativos, negociações e intercâmbios, a empresa pode obter os seguintes benefícios:

  • Aumento de produtividade: elimine os períodos de pico de carga de trabalho para que sua equipe possa se concentrar na excelência das atividades diárias de processamento e em iniciativas de agregação de valor voltadas ao cliente.
  • Precisão garantida: garanta a precisão da posição de investimento com operadores digitais que nunca cometem erros. Eles cumprem constantemente obrigações regulatórias e são auditáveis por meio de toques de teclas, eliminando qualquer retrabalho causado por erro humano.
  • Integração perfeita: implemente rapidamente operadores digitais para obter uma interação perfeita com vários sistemas e plataformas sem aumentar a dívida técnica.

Como funciona a reconciliação e o rebalanceamento automáticos ?

Implementados rapidamente em três meses, os operadores digitais garantem aos clientes uma visibilidade precisa do desempenho do portfólio com as seguintes etapas:

 1. Coleta de dados

A SS&C Blue Prism coleta detalhes das alterações que precisam ser efetuadas na plataforma de gerenciamento de portfólios.

2. Validação da alocação

O operador digital realiza verificações de qualidade para garantir a devida autorização das alterações e notifica um ou mais membros adequados da equipe quando falta alguma autorização.

3. Reconciliação da plataforma

Após confirmar que as alterações estão totalmente autorizadas, o operador digital faz o login nas plataformas de administração de fundos. Em seguida, ele executa um conjunto de verificações de validação para garantir que as informações sobre as posições atuais correspondam às da plataforma de gerenciamento de portfólios.

4. Gerenciamento de discrepâncias 

Se houver discrepâncias, o operador digital poderá resolvê-las diretamente ou, quando necessário, encaminhá-las para intervenção humana.

5. Reconciliação de posições

Com a confirmação de que os dados estão corretos, o operador digital atualiza cada plataforma de administração de fundos com as alterações necessárias em cada modelo. Ele garante que todas as negociações sejam realizadas exatamente conforme as instruções e realiza rapidamente o balanceamento de cada portfólio.

6. Trilha de auditoria

O operador digital coleta evidências do trabalho que realizou, incluindo logs de histórico e capturas de tela. Dessa forma, o gerente do fundo discricionário conta com uma trilha de auditoria para validar e confirmar a eficácia de todas as alterações realizadas.

7. Notificação de conclusão

Em seguida, o operador digital notifica o gerente do fundo e sua equipe para confirmar que todas as atualizações foram concluídas corretamente. Agora, o cliente pode ter certeza de que seu investimento no fundo está tendo o melhor desempenho possível e reflete a situação atual do mercado.

    Para obter mais informações sobre como o SS&C Blue Prism pode ajudar a reduzir os impactos operacionais e financeiros sobre sua equipe, reconciliar portfólios e eliminar riscos, entre em contato hoje mesmo.

    Últimas notícias da SS&C Blue Prism